Vult: Batons em bala com acabamento matte!

Vult: Batons em bala com acabamento matte!

A Vult tem uma linha linda de batons líquidos com acabamento matte, além de mais de 50 cores de batons em bala com acabamento cremoso e 16 com acabamento metalizado. Como se Leia mais »

Mais batons líquidos da Bruna Tavares!

Mais batons líquidos da Bruna Tavares!

Um dos meus vários objetivos de vida é ter todos os batons da Bruna Tavares, incluindo os da linha Pausa Para Feminices. Estou no caminho certo, rs, pois já tenho vários – Leia mais »

Os vermelhinhos da Mahav: cores Marsala, Vermelho Love e Vermelho Tudo!

Os vermelhinhos da Mahav: cores Marsala, Vermelho Love e Vermelho Tudo!

A Mahav é uma marca muito querida aqui no Batom na Bolsa: alta qualidade por um ótimo preço! O ótimo custo/benefício é indiscutível. E recentemente a marca me enviou um press kit Leia mais »

Cigana: Batons líquidos com efeito matte!

Cigana: Batons líquidos com efeito matte!

Fazia teeeempo que eu via os batons da marca Cigana Cosméticos no instagram. Fiquei interessada em algumas cores, mas não achava os batons para venda em loja física (e só compro online Leia mais »

Batons líquidos da Evelyn Regly: cores Manque-se e Nudeu Tempo!

Batons líquidos da Evelyn Regly: cores Manque-se e Nudeu Tempo!

Já faz um tempo que comprei estes batons da linha da youtuber Evelyn Regly, da marca Essenze di Pozzi. Demorei para mostrá-los aqui no BnB pois ambas as cores que tenho (Nudeu Leia mais »

 

Eu sei que não é batom: Kindle Paperwhite!

De vez em quando aparece uma coisa ou outra que toda a humanidade precisa conhecer! Essas coisas vão entrar esporadicamente aqui no blog na sessão “Eu sei que não é batom”. E pra começar, trago um gadget que desperta preconceito em quem ama literatura (eu mesma era contra), mas depois que você o conhece… é puro amor! Estou falando do Kindle Paperwhite, o e-reader da Amazon.

Sei que não é batom: Kindle Paperwhite

Sei que não é batom: Kindle Paperwhite

Carregar mais de 1000 livros com você num gadget que pesa 200 gramas? É perfeito!!

“Eu tenho um tablet para ler livros, não preciso do Kindle”

Ahhh mas não é a mesma coisa. Eu costumava ler livros no iPad2, e após 30 minutos de leitura eu estava com enxaqueca e olhos ardendo. Isso acontece porque nos tablets, a luz do gadget incide na direção dos seus olhos. Já no Kindle, a luz incide sobre o texto! Não cansa os olhos nem quando você lê em ambientes bem escuros. Além disso, em ambientes com luz natural, você pode desligar completamente a iluminação. Basicamente, se você está num lugar que tem luz o suficiente para ler um livro normal, você não precisará da luz interna do Kindle.

Kindle Paperwhite: Configuração de iluminação

Kindle Paperwhite: Configuração de iluminação

Outro ponto diferente de ler livro no iPad é que o Kindle tem textura de papel. É sério! A tela tem uma leve textura, que além de não deixar marcas de dedo (como nos tablets), ainda faz você jurar que está olhando para um pedaço de papel de verdade. Fora isso, a tela é anti-reflexo, mesmo em ambientes muito iluminados.

Mas como isso tudo funciona?

E-readers tem uma tecnologia chamada e-ink (tinta eletrônica). O aparelho “imprime” as letras na página (aliás, fora a iluminação, este é o único momento em que o aparelho gasta energia) de acordo com as configurações que você escolheu:

Kindle Paperwhite: Configuração de exibição de letras.

Kindle Paperwhite: Configuração de exibição de letras.

Você pode configurar o tamanho da letra na tela, o espaçamento entre linhas, margens, fonte… tudo para que a leitura seja personalizada e confortável.

De onde vem os livros pro Kindle?

O Kindle reconhece livros em formato .mobi, que podem ser comprados na Amazon (tanto a brasileira quanto a americana ou qualquer outra). As compras podem ser feitas através do próprio Kindle, sem a necessidade de um computador. Você também pode comprar pelo computador e a Amazon envia o livro direto para o seu Kindle.

O legal é que antes de comprar um livro na Amazon você pode baixar uma amostra grátis, que geralmente conta com mais de 20 páginas. Da pra ter uma noção do estilo de escrita antes de você efetivamente realizar a compra.

A própria Amazon disponibiliza muitos livros gratuitos, principalmente os “clássicos” da literatura. Você baixa estes livros no seu Kindle sem nenhum custo. Essa seleção de livros varia de tempos em tempos, então é legal sempre ficar de olho aqui.

Aliás, a Amazon disponibiliza um esquema tipo “Netflix para livros”, o Kindle Unlimited. Você paga R$19,90 por mês e tem acesso a quase todo o acervo de livros vendidos na Amazon, sem nenhum limite! Para quem dá conta de ler ao menos 2 livros completos por mês, acho que vale muito a pena! E você ganha 30 dias grátis para testar!

O Kindle também lê arquivos .pdf, mas o mais indicado é transformar estes aquivos em .mobi em um software gratuito chamado Calibre.

Por último, o Kindle Paperwhite tem 4Gb de capacidade, podendo armazenar milhares de e-books.

Sincronismo com computador, celular, etc

Existe um app oficial do Kindle para iOS, para Androidpara MAC e Windows que você pode instalar no seu tablet, computador ou celular. Nele, você acessa todos os livros que estão no seu Kindle, que sincroniza com estes aplicativos. Se você leu seu livro até a página 236 no Kindle, quando você for acessar este mesmo livro pelo computador (por exemplo), ele estará na página 236. Isso é legal pra quando você esquece seu Kindle em casa e quer continuar sua leitura (muito menos confortável, mas tudo bem) pelo celular ou notebook.

E a bateria?

O legal é que o Kindle praticamente não gasta bateria. Lendo muito todos os dias, você vai ter que carregá-lo a cada 3 ou 4 semanas. A bateria do meu hoje está baixa, mas sinceramente… não me lembro quando o coloquei para carregar pela última vez!

Kindle Paperwhite: indicador de bateria

Kindle Paperwhite: indicador de bateria

Isso acontece porque o Kindle só usa a bateria quando muda de página, ou quando a imagem de sua tela muda. A própria iluminação gasta pouquíssima bateria, pois tem tecnologia LED.

Já vi a foto de um Kindle quebrado (o indivíduo estava levando o Kindle no bolso da calça o aparelho quebrou ao meio quando ele se sentou), e a tela continuava com as letrinhas! O Kindle realmente “imprime” as letras na tela, economizando energia como nenhum outro gadget.

Tem conexão com a internet?

Sim. Aliás, existem 2 modelos do Kindle Paperwhite: o com Wi-Fi e o com Wi-Fi + 3G. O legal é que o que vem com 3G não tem uma entrada pra chip de operadora de celular. O 3G é gratuito para clientes da Amazon! Você não paga nada por esta conexão!

Preço

Abaixo eu trouxe uma tabela (copiada da própria Amazon) com detalhes e preços de todos os modelos da última geração do Kindle. Clique sobre a imagem para vê-la em tamanho real:

Kindle Paperwhite: tabela de comparação

O meu é o Kindle Paperwhite Wi-Fi, mas não o comprei pela Amazon. No site da C&A, até pouco tempo atrás os Kindles estavam com um MEGA desconto no preço, e se me lembro bem paguei R$264 no meu (tem R$15 de desconto na primeira compra no site da C&A, além de mais 5% de desconto no pagamento em boleto, etc). Saiu menos que o preço cheio do Kindle normal, sem iluminação interna e com resolução menor. Ou seja, foi um ÓTIMO negócio

De qualquer forma, mesmo pagando o preço cheio, ainda acho que vale muito a pena o investimento!

Já os livros digitais tem preço parecido com os livros impressos, mas isso varia muito. Em algumas situações eles custam muuuuito mais barato (cerca de R$3 pelo e-book), as vezes estão mais caros que a versão impressa do mesmo livro.

Mais algumas imagens para inspirar:

Kindle Paperwhite

Outras telas do Kindle: estante de livros (esq), loja da Amazon (centro) e navegador experimental (dir), que quebra um galho quando você quer acessar um site rapidamente!

Kindle Paperwhite

Cada livro tem um indicador do progresso de leitura, que são estes pontinhos logo abaixo do título.

Capinha Kindle Paperwhite

Capinha pro Kindle Paperwhite: comprei uma capinha qualquer para Kindle numa lojinha xing ling (paguei R$25) e coloquei adesivos de brilho 🙂

Fiz um pequeno vídeo mostrando o Kindle Paperwhite em ação:

Concluindo…

Se você aprecia literatura, é um investimento certeiro. A leitura flui muito mais, em qualquer lugar e a qualquer momento. O peso nas mãos é muito menor do que um livro de verdade, e pra mim isso importa muito pois já fiz duas cirurgias na mão direita por conta de tendinite. É uma leitura confortável, prática e agradável.

Espero que vocês tenham gostado da dica! Ler resenhas sobre o Kindle me ajudou bastante na decisão de comprá-lo ou não. Na dúvida, vá em qualquer lugar que venda Kindle (tem em alguns supermercados, além de lojas e quiosques Kindle especializados), pegue um na mão e brinque um pouco. Tenho certeza de que você vai se surpreender! 😀

*Obs: isso não é um publi! Eu mesma comprei meu Kindle e estou dando minha opinião sincera sobre o produto.

Se você gostou deste post, poderá também gostar destes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *